Kombi

Logo VW

Os Últimos Desejos

É, meus amigos, eu não tenho do que reclamar. Vi de tudo, trabalhei muito. Já fui perua escolar, ambulância, banca de frutas, até viatura de polícia. Eu conheço esse país como os sulcos da minha roda. Mas nem eu sabia que era tão querida. Desde que anunciaram que eu não seria mais fabricada, tenho recebido declarações de todas as partes do Brasil - e até do exterior. Gente que entrou aqui no meu site, e me fez relembrar histórias maravilhosas, que me deixaram com os faróis rasos d’água. Por isso, decidi que não posso ir embora sem retribuir de alguma forma a estas pessoas tão especiais, que fizeram parte da minha vida. Escrevi uma lista com meus últimos desejos, que gostaria de ver realizados antes de partir. Minha humilde homenagem a quem sempre esquentou o meu coração e o meu banco do motorista.

  • 1
    Para Carlos Alberto de Valentim, o “Seu Nenê”, que me levou para ver a Seleção Brasileira jogar mundo afora, deixo minha calota autografada pelo Rei Pelé.
  • 2
    Para Marco Rebuli, que fundou o meu fã-clube mais antigo de que se tem notícia, ainda em atividade no Brasil, deixo uma placa de bronze homenageando seu feito.
  • 3
    Para Amilton e Maíra Navas, casal que se conheceu no caminho da escola, dentro de mim, deixo uma miniatura de Kombi Escolar, puxando latinhas de recém-casados.
  • 4
    Para Bob Hieronimus, artista plástico que me fez ficar famosa entre os hippies do mundo inteiro, deixo um bloco especial de desenho, no meu formato.
  • 5
    Para Jason Rehm, que mora dentro de mim com sua família, deixo um capacho estampado com meu rosto, para ser colocado na entrada de casa. No caso, minha porta.
  • 6
    Para Noel Villas-Bôas, em nome de seu pai, o sertanista Orlando Villas-Bôas, que rodou o Brasil comigo, deixo uma réplica daquele modelo, feita em barro, representando a lama que enfrentamos juntos.
  • 7
    Para Eduardo Gedrait Pires, dono da Kombi que provavelmente é a mais antiga fabricada no Brasil, deixo nosso álbum de fotos de família.
  • 8
    Para Hamilton de Lócco e Jahir Eleuthério, que me transformaram num sebo móvel, deixo meu livro de cabeceira: meu último Manual do Proprietário.
  • 9
    Para Valdir Gomes de Souza, que perdeu seu primeiro brinquedo - uma Kombi azul em miniatura - deixo uma Kombi azul em miniatura, lindinha.
  • 10
    Para Franck Köchig e Iris, que deram a volta ao mundo comigo, deixo meu odômetro com a maior quilometragem possível: 999999.
  • 11
    Para Rolando “Massinha” Vanucci, que montou uma cantina italiana dentro de mim e hoje tem restaurante, lojas e continua prosperando, deixo forminhas de ravióli no meu formato.
  • 12
    Para Mirian Maia, que nasceu dentro de mim, deixo uma réplica do meu primeiro esboço. Como eu era quando nasci.
  • 13
    Para todos os meus amigos e fãs, deixo um livro digital gratuito, com as lindas histórias que recebi nos últimos meses pelo meu site.
  • 14
    Para minhas parentes, Kombis de diferentes épocas, deixo um encontro a ser realizado na minha fábrica.
  • 15
    E, finalmente, meu último desejo: voltar para casa.